31 julho, 2014

Eu E Uma Cabra Duma Barata Outra Vez

Já comprei BIOKILL!

I Just Wanna Go Home

Cenas de Carros

Depois de uma noite marada, com o Puto a chorar desalmado e eu a ficar acordada desde as 4 até 20m antes do despertador tocar (mais valia não ter adormecido, agora parece que estou anestesiada), levantei-me com dificuldade, despachei-me com dificuldade, tratei das coisas para levar para o trabalho e saí de casa com moral de cão refilão, entro no carro e ele acende-me as luzes do tablier tipo discoteca!! Dá estalinhos, manda-me uma mensagem no rádio tipo mayday - CODE 1---- CODE 1---- CODE 1 - e acende-me o sinal de activação do air-bag.
Desvio-me para a direita, não vá aquilo lançar o air-bag e começo a telefonar ao T., que está alegremente na cama a roncar, que desliga a chamada. Ligo outra vez. Tento ligar o carro. ---CODE 1--- Ligo outra vez para o T. Ligo outra vez o carro. ---CODE 1--- E outra. E outra. E ele desliga sempre!
Volta para casa a bufar e ele lá está! Feliz a roncar!!
Chamei-o (sou capaz de o ter chamado de anormal pelo meio, vá!) para ele me levar ao trabalho, levantei os miúdos, vão de pijama, vamos, vamos! E ele diz calmamente (e com aquele ar de gozo) vais ver que agora pega como nas outras vezes... Passei-me e expliquei-lhe outra vez que tinha sido o sistema eléctrico do carro que tinha dado o berro e não o bloqueador do carro. Levaram-me ao trabalho.
Pouco depois liguei para saber novidades:
- Foste experimentar o carro?
- Parece que não pega mesmo.

Eu Xou Fote

Puto - "Eu conxigo pai! Eu xou fote!"
T. - "És muito forte?"
Puto - "Xou fote comó avô!"
T. - "O avô é forte?"
Puto - "Xim, o avô é muito fote, ele coxegue levar a coca-cola e o ixe-tea na mesma mão!"

(vozinha lá do fundo) Pipoca - "Isso é porque vão quase vazios!"

23 julho, 2014

Será Que Sou Má Mãe ou Estas Coisas São Muito Bonitas de Se Dizer

'Olha que eu vou chatear-me contigo!', 'Já te avisei, não te volto a dizer!', 'Estás a brincar comigo? Eu tenho ar de quem está a brincar?'
Lê de novo todas as frases que estão acima.
Costumamos dizê-las quando já não temos muitas estratégias para lidar com uma determinada situação. Quando já esgotamos a paciência. Quando já só vai sair castigo, berro ou palmada.
Lê de novo as frases e vê lá se elas não falam mais sobre nós e da forma como lidamos com a situação do que sobre a criança?
Sim, é muito 'mãe à beira de um ataque de nervos' mas, com as estratégias certas, sabendo o que procurar e as razões pelas quais isso está a acontecer, é mesmo muito possível que nenhuma das frases acima nos saia pela boca fora.
Da próxima vez, pára. Agacha-te. Toca-lhe no braço ou no ombro e pergunta-lhe 'o que se passa contigo, posso ajudar-te?'
Depois, pede-lhe ajuda e diz-lhe o que é que precisas [que aguente mais um bocadinho, dando-lhe uma tarefa interessante, por exemplo]. Talvez o teu simples interesse por ele sejam o bastante para ele sossegar e tu não te passares.
No Mum's The Boss
Talvez seja eu que não sei lidar com o meu filho, mas quando dizes estas coisas resulta? E se o teu filho não responde? Olha para ti com um ar de quem, simplesmente, não quer saber? Isso resulta a partir de que idade? A ideia parece-me boa. Pouco prática e realista, mas tirando isso, boa.

Regras de Sapatos

Check

Segurem-me Que Eu Vou-me A Ela

Odeio (sim, odeio, essa emoção feia e tão forte) gente que gosta de parecer bem à custa de denegrir o trabalho dos outros. Chama-me parva, feia e cabra mas não me chames incompetente, faço mais num dia pelos doentes que tu. E apesar de não pôr a faca em nenhum deles, tenho muito mais consideração por eles de que a sra. dra. tem por uma lagartixa.
E porque sou bem educada, não te vou dizer nada. Desta vez.

A Filha da P+#a É Pior Que Cascavel

Três Vezes É Demais

Ela esteve cá ontem. Vai estar por cá hoje. Volta na sexta-feira. Vem com ideias e alterações, trapalhadas e simpatia fingida. Não estou contente.

Ai Que Eu Já Não Tenho Idade Para Isto....

Deitar tarde e levantar cedo em dias de semana é para os novos. Não que eu seja velha.

22 julho, 2014

Chegaram!

Manhã dos Diabos, Dia dos Infernos

It's Tuesday... I'm In Love - Lost In My Bedroom [Sky Ferreira]

Pára! Momento Fútil (Ou Não...) A Seguir

Quero todas (as primeiras da 2ª e 3ª fila já estão a caminho, e quero mesmo a primeira!).
E estão com (óptimas) promoções!
E não, não é publicidade paga. Excepto por mim, que prevejo gastar dinheiro lá.

Procuro Sempre o Melhor de Mim, Mas Muito Mais Facilmente Encontro o Feio, o Desaprovável e o Imperfeito

"Human beings are works in progress that mistakenly think they're finished."
 Dan Gilbert

21 julho, 2014

Histórias de Lobo Mau ou Coisas de Birras

Quando o Puto faz birras é de deixar qualquer um desorientado. A nova birra é o jantar: olha para ele e diz que não gosta, mesmo quando é uma das suas comidas preferidas. E grita, e chora, e berra. São as ameaças, o ignorar. os castigos, a desistência. de vez em quando resulta uma história. A história dos três porquinhos presta-se bem: tem emoção, ameaças, sopros na cara e um final feliz.
Agora, com toda a emoção que eu ponho nestas histórias pede-me histórias. Histórias de Lobo Mau. Já nem sei quais contar. Acho que vou começar a inventar...

É Segunda-feira Outra Vez?!

18 julho, 2014

It's Friday... I'm In Love - You & I (Nobody In The World) [John Legend]

Thank God It's Friday... I'm Going Home

Tu És Um Bom Pai, Mas Eu Sou "Pãe" Vezes Demais

 Getting sprayed by Mom c. 1960s
"Paternidade é uma função própria do pai, com direitos e obrigações familiares importantes. Pai não é coadjuvante da mãe, é seu complementar.
A mãe costuma pedir ajuda ao pai: Ajude aqui, por favor, fique um pouco com as crianças! Ele acha que está apenas ajudando a mãe e não se sente fazendo a sua parte. Muitos pais nada fazem enquanto suas mulheres não pedem. Para os filhos não interessa se é a mãe que está muito ativa ou se o pai é muito passivo. O que eles precisam é de pai e de mãe. Neste ponto, alguns pais reclamam que suas mulheres os tratam como se fossem filhos.
Paternidade é a atitude de estar pronto a atender seus filhos, sem esperar que a mãe peça.
Um pai acomodado, além de não ser um bom exemplo na família, estimula o filho a explorar a mãe. Numa família assim pode se estabelecer uma confusão entre pai acomodado/pai bonzinho e mãe ativa/mãe rabugenta – quando na realidade o pai é negligente e a mãe ativa é obrigada a cobrar as obrigações de todos.
Fica muito clara esta situação quando uma mãe reclama que ela é a “pãe” da família. Ela tenta preencher também as funções de pai, o que é quase impossível."
Texto de Içami Tiba para seu livro Família de Alta Performance – Conceitos contemporâneos na Educação
Visto no 4D

Que seja dita a verdade, tu és preguiçoso e eu controladora. Tu é o porreiro e eu a rabugenta. Dá-te jeito que eu seja assim, pois penso em tudo e tu podes brincar enquanto eu organizo as coisas. Mas és um pai que, quando está presente, até fazes a tua parte. Às vezes sem ninguém to pedir.

Há Dias Assim.

Dias complicados, de trabalho, dores de cabeça e TPM. Hoje rosno e se não tiverem cuidado, mordo.

Estás Quase Cá - Loney Blues [Loney Dear]



Que saudades que tenho tuas. Nossas.

17 julho, 2014

AHHHH, Maldita!

Ah, Pois É, Bebé!

Que era uma doença, e tal... Que andava sempre agarrada a ele e não o largava. Que não deixava os miúdos mexerem à vontade. Que era só um telefone.
Então?! O teu precioso Nexus não é só um telefone? Não o deixas em qualquer lado? Os miúdos têm que estar vigiados quando mexem no teu telefone? O teu "cuidado" não é nada obsessivo... Não! Tu não tens uma doença... Não!
Para a próxima não critiques sem saberes. Não tenho culpa que tivesses um stupidphone.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...